Quem maltrata e sente emoções negativas no convívio com os animais revela que o dono está com problemas, porque eles espelham a personalidade da pessoa que eles mais convivem. Na verdade, não é o animal que é agressivo, teimoso, barulhento… são os humanos que projetam suas dores e feridas emocionais não resolvidas nas pessoas que cuidam, sejam crianças ou animais. Quem realmente diz que ama e curte os animais é sinal de que está feliz e em paz consigo mesmo. Os animais captam essa energia e se comportam pacificamente. Assim como as pessoas afloram aquilo que precisamos curar, os animais também nos ajudam a cumprir o nosso propósito de vida. Sejamos gratos à existência desses seres de quatro patas que o Criador nos abençoou.

Paula Teshima