Quando você é uma pessoa que possui muito poder transformacional de crenças, comportamentos, pensamentos, sentimentos, hábitos… certas pessoas que entram em contato contigo ou que convivem com você diariamente, começam a passar mal fisicamente. Você percebe que são justamente aquelas que não iam com a sua cara, que te zoavam, te importunavam, te bullyinavam… pois elas querem se manter na zona de conforto e resistem às mudanças. Inconscientemente, elas sentem a sua energia diferente, sentem algo estranho e não familiar, então se sentem incomodadas com a sua presença… Futuramente, se você as encontrar novamente, e elas ainda não tiverem sido despertadas para o seu real propósito aqui na Terra, perceberá o quanto elas estão mal na saúde, no trabalho ou nos relacionamentos. Por isso que, geralmente, quem “mexe” com quem está fazendo a coisa certa e trabalhando para o lado da luz, inevitavelmente sofrerá as consequências uma hora ou outra. Mas, isso não é maldade, não é castigo, não é punição. Simplesmente é a força do Universo as empurrando para se melhorarem. Se não foi por espontânea vontade, pelo amor, será pela dor, doença e sofrimento. “Assim no céu como na terra” – o universo está constantemente evoluindo, então nós também temos que evoluir, senão, receberemos alertas em forma de problemas, atrasos, dívidas, falhas, provocações… para cumprirmos a nossa parte na marra.

 
Paula Teshima