A ordem correta e natural da evolução é: primeiro vivermos a dor, o ruim, o sofrimento, a falta, a carência… para depois vir a luz, a felicidade, a abundância, o prazer…

Os momentos negativos podem nos levar até o fundo do poço (essa é a intenção) para vermos o quão ruim é, o quão doloroso é, não suportarmos mais vivermos dessa forma e, enfim, buscarmos ajuda e solução. Quando começamos a pedir por ajuda é o momento que nossos guias espirituais vem nos amparar, seja com um conselho, uma intuição, um caminho, um curso, um livro…

Daí focamos nessa ajuda e geralmente vamos para o outro extremo… da alegria, da plenitude, da sabedoria… podemos nos tornar experts nesse assunto/problema e até ajudar os outros.

Enfim, essa transformação toda não aconteceria se já tivéssemos vivenciado o lado bom e fácil logo de cara. Não haveria essa evolução, não teríamos os aprendizados e crescimento que viemos viver aqui na Terra.

Paula Teshima