Quando você vai em busca da verdade, dos mistérios do Universo ou de respostas para suas dúvidas pessoais, você pode descobrir o que é certo e o que é errado, ou qual seria o modo mais saudável de agir. Você pode tentar se corrigir ao se desapegar de hábitos nocivos, pensamentos equivocados, crenças limitantes… Pode até conseguir essa mudança, mas não dura muito tempo, sabe por que? Provavelmente porque você pulou etapas importantes no processo que está passando e isso ainda não se tornou natural em sua vida. Você está forçando uma mudança que ainda não condiz com a sua personalidade. Você se sente mal, desconfortável, incomodado com essa nova situação e as coisas não dão muito certo. O ideal é que as mudanças cheguem naturalmente na sua vida, no momento certo. Para que isso aconteça você precisa focar e descobrir o que está causando esses comportamentos equivocados, e não ficar se policiando em obter comportamentos corretos. Ao curar o que havia de errado, automaticamente você se desapegará dos maus hábitos e passará a fazer o correto, sem sofrimento, sem esforço, sem cobranças. Mas, quando você pula direto do hábito nocivo para o hábito saudável, sem entender e curar a causa, algo fica faltando, não faz sentido, não há ressonância… e logo logo isso se desfaz. Enfim, o foco é entender o que está causando os maus comportamentos. A consequência é o surgimento de bons hábitos, naturalmente. Evite forçar uma situação ou uma mudança radical. Tudo tem que acontecer de forma espontânea. Tudo chega no momento certo. Se ainda não chegou, significa que você precisa focar mais em si mesmo.

Paula Teshima