Normalmente, quando as pessoas liberam seus karmas e dores da alma através da conscientização e a expressam através do choro, raiva, grito, agressividade… elas conseguem transmutar as energias densas que estavam aprisionadas ou acumuladas dentro do seu ser. Já, quando as pessoas não entendem, não refletem ou não compreendem a causa de suas emoções negativas, é preciso que suas emoções densas sejam liberadas do seu corpo físico de alguma forma, senão o corpo implode criando diversas doenças físicas. Aquela dor de cabeça, aquela gripe, aquela dor nas costas… se não houver uma causa física, são formas do corpo expelir as energias negativas que você absorve dos outros, dos ambientes ou que você mesmo cria com seus padrões equivocados de pensar, sentir e agir. Ao invés de culpar o frio, o vento, o peso excessivo… preste atenção nos seus comportamentos rotineiros. Esses problemas são consequências de algo interno distorcido, mal resolvido, mal curado. A causa está sempre dentro de nós. Ao mudarmos o nosso estilo de vida, nosso mindset, nossos hábitos… as coisas e as pessoas ao nosso redor também mudam, automaticamente. Acredite, você não precisa forçar o outro a mudar, pois ele se comporta como um reflexo do que você emite constantemente a ele. Então, se você muda, ele também irá mudar. Só que ele não entenderá muito bem o porquê, de repente, lhe deu vontade de fazer as coisas de um modo diferente. E você sabe…

Paula Teshima